Herói

De tempos em tempos, eu gosto de escrever histórias. Não importa o mundo, não importa a época, a minha imaginação flui igualmente fácil em todos os cenários. Mas todas têm algo em comum.

Meus protagonistas, são Heróis.

Não falo aquele herói perfeito. Tampouco, o anti-herói, puro e simples.

Ao meu ver, herói é aquele em que todos podem confiar. Um herói é um modelo a ser seguido, um guia, um amigo, um protetor.

O herói inspira confiança. Ao lado dele, você sente-se protegido, amparado. FORTE. O herói é aquele em que todos confiam quando não têm mais a quem recorrer. Aquele a quem você entrega a vida nas mãos.

E esta figura, por vezes, parece perfeita. Determinado, sábio, inabalável. Assim enxergamos nossos heróis.

Entretanto, quando você escreve, ou melhor, CRIA, você conhece o personagem por fora e por dentro.

E o interior dos meus Heróis é podre.

São diversos os motivos. Loucura pura e simples? Um passado vergonhoso? Obsessão? Não importa. Se todos têm tantas qualidades em comum, todos eles têm defeitos, na maioria das vezes enormes.

Hora, então vamos refletir. Se meus heróis têm qualidades e defeitos, como qualquer outro ser, o que os torna especiais?

A maioria das pessoas sofre, foge, ignora, esconde seus defeitos. Existem alguns poucos, mais nobres, que tentam corrigi-los. Os heróis não.

É dos seus defeitos que meus Heróis tiram sua FORÇA.

Não das causas nobres. Elas são bonitas, mas frágeis. Os defeitos são fortes, persistentes.

E este detalhe os torna tão especiais.

As qualidades dos heróis são as mesmas, um padrão a ser seguido. Nos defeitos, eles se tornam únicos. E é aqui, onde nos identificamos com nossos heróis.

E os meus Heróis, lógicamente, têm os meus defeitos.

Meus defeitos tornam meus Heróis fortes. Eu ensino a eles a me ensinarem como ser forte. Neles, eu vejo onde posso chegar, como posso ser melhor. Neles, meus defeitos parecem inexistentes.

E é por isso que gosto tanto de criar e desenvolver meus Heróis.

Porque eles são feitos dos meus defeitos.

E quanto mais fundo viajo e encaro meu lado sombrio, mais completas minhas histórias são. Até hoje, meus melhores personagens, aqueles que inspiraram mais pessoas, foram os criados dos meus piores defeitos, mesmo que elas não saibam disso.

Do meu pior, eu tiro o meu melhor.

E, horas bolas, se Herói é aquele que tira força de seu defeito, e o transforma em algo grandioso…

Anúncios

~ por Dunncan em 17 de outubro de 2011.

Uma resposta to “Herói”

  1. Otimo post, como sempre eu adoro como voce escreve. Eu tenho uma mania de me limitar, de esconder, os meus heróis não o fazem. Nem sempre ao menos. Mas ainda sim, carregam seus defeitos no peito. Eu carrego os meus ^^

    Dunn, se voce/mari me permitirem eu gostaria de pintar esse desenho :3
    Who i am, gostei muito.
    Da uma passada no meu dA pra ver como eu trabalho se quiser:
    lyuma.deviantart.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: